31 de mai de 2011

O olhar que me segue!

Hoje ao abrir essas páginas encontrei um comentário do grande Thiago que sugeria um video que lindamente explicava como o poder da palavra transformou um momento de um homem cego. Então comecei a pensar no mundo que vi, no mundo que percebo e nos caminhos que percorri. Lembrei das fotos que tirei nos meus instantes de celebração das travessias (ou travessuras) e resolvi reavaliá-las com outras perspectivas de deslumbramento. Será que esse é o olhar que me segue? Será que consegui captar tudo o que havia, ou mais do que deveria? No decorrer dessa página exponho esse olhar congelado e profundo de alguns instantes, porém não menos intensos e sobarosos. O poder da palavra através das imagens que imprimem sua força no instante que foram captadas.


Tio João... Talvez uma das fotos mais expressivas que ja tirei. E para quem o conhece retrata bem sua alma e de como é feita sua história. Sou capaz ainda de escutar os acordes projetados de sua viola ao contemplar seu semblante. (Sítio Vargem do Amargoso - Barbacena - MG)


Adoro essas cores e o balanço que a escultura proporciona. Posso sentir risadas nesse salão e ao mesmo tempo ouvir a música tocando. (Obra do museu Inhotim - 2010)



Um divisor de águas que agrega. O que fazer? - Apenas sentar nessa passarela e aproveitar. O que ouvir? - O que vier, pois nesse espaço é possível ouvir além do que se percebe. (Inhotim - 2010)



O bom é enxergar o que está próximo e geralmente o que nós mesmos escondemos e não queremos ver. E se conseguir ouvir vai se encantar. (Inhotim - 2010)


Descompromissados, de bem com a vida e totalmente felizes com o que são. (Inhotim - 2010)


Ser parte da obra ao contemplar o céu. (Obra do museu de Inhotim - 2010)



Todos os caminhos possíveis de seguir. (Inhotim - 2010)



"Vou lhe dizer que são milagres, noites com sol... posso entender o que diz a rosa ao rouxinol... onde só tem o breu, vem me trazer o sol, vem me trazer amor. Pode abrir a janela..." (Sítio da Estivas - Carmo do Cajuru MG - 2011)



Reflexo de Rafeto e Fávia sobre a mesa. Celebração no Samba de Mercado. Uma volta a infância de largos sorrisos. Anjo bom! (Mercado Central - Belo Horionte - MG)



"Vem de lá. Nem um lugar. Espaço além do coração. Pela luz do sol o vento traz nudez de tal revelação." (Serra da Moeda- MG)


"A montanha acordou e emaranhou. Viajante solitário...andarilho de luz veio me trazer um sendero luminoso..." (Serra da Moeda - MG)


"Finjo não saber que o tempo passa logo... é como se a vida nunca acabasse, reviver o espaço seja como for." (Tiradentes - MG)



NOTAS: Fotos de arquivo pessoal tiradas com minha pequena câmara amadora com mãos amadoras, porém não menos cuidadosa. As descrições das fotos sem aspas são cultivos de minha sutil imaginação tentando projetar minhas percepções. Os trechos citados entre aspas são de canções de Flávio Venturini, que confesso sem pudor: - Instigam a voar e relembrar a cada dia de como é bom prover palavras, sem ao menos me tocar que sou um mero mortal. Tudo isso me condiz, me faz ver, ser e seguir.










6 comentários:

  1. Ju, estou viciada em você. Vixe estou perdida...
    Como não posso deixar passar uma celebração de vida(s) como esta... o samba no mercado ficou mesmo para posteridade...

    ResponderExcluir
  2. Olhar terno e bonito esse seu, meu querido!
    Adorei passear nas suas fotografias!

    ResponderExcluir
  3. Passeie sempre quiser Elô... e Flavinha vou te indicar o AJ... hehe... brincadeira!

    ResponderExcluir
  4. " Somos assim. Sonhamos o vôo, mas tememos as alturas. Para voar é preciso coragem para enfrentar o vazio.O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas. Mas é isso que tememos: o não ter certezas. Por isso trocamos o vôo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram" RUBEM ALVES
    Adorei seu blog. Você não é uma homem de ficar em gaiolas. Voe longe!!! Carol Hespanha

    ResponderExcluir
  5. Ahh Carol...saiba que para alçar esse voo precisamos de pessoas para nos amparar... e vc é uma delas... bjos e obrigado por participar desse voo sempre...

    ResponderExcluir
  6. Lindo meu irmãozinho de alma!!
    As palavras para vc fluem de uma maneira gostosa de ler, estou amando te seguir desta maneira.
    Seu blog esta surpreendente, ou melhor, vc é!
    Beijos e continue que esta muito bom.

    ResponderExcluir